Hoje em dia a sensação do momento são os cabelos lisos, particularmente eu acho bonito tanto o cabelo liso quanto o cacheado desde que seja bem cuidado, mas como não sou eu que dito as modas e as tendências, vamos aceitar o cabelo liso como o preferido pela maioria das mulheres. Algumas mulheres não possuem os cabelos lisos naturalmente, o que é normal, afinal, não somos iguais, mas nestes casos a melhor maneira de manter os cabelos lisos é através de um bom alisamento.

São diversas técnicas de alisamento disponíveis no mercado, temos a escova marroquina, escova de chocolate, escova progressiva, escova japonesa e muitas outras, e a nova técnica que tem dado o que falar é a escova de carbocisteína.

Escova de Carbocisteína é segura?

Segundo informações a escova de carbocisteína não possui o temível formol, e o resultado é um liso bem feito, baseado nisso podemos dizer que a escova de carbocisteína é segura, porém, é sempre dar uma boa conferida na formulação pois nunca sabemos ao que podemos ser alérgicas, não é mesmo?

Benefícios da escova de carbocisteína

Além de deixar os cabelos com um liso natural a escova de carbocisteína ainda reduz o volume dos cabelos, auxilia no crescimento, dá resistência aos fios e atua diretamente na regeneração dos mesmo.

A manutenção da escova de carbocisteína funciona da mesma forma que a grande maioria dos tratamentos de alisamento, ou seja, a manutenção deve ser feita a cada três meses ou sempre que você sentir necessidade.

This article has 1 comment

  1. Eu já fiz uma escova sem formol, não sei se todas são chamadas de escova de carbocisteína mas, era uma da marca Cadiveu.

    Realmente é muito mais “confortável” (digamos) que a com formol, o cheiro é bem mais suportável e o alisamento fica bem mais natural.

    É claro que dura bem menos…mas, se é pra cuidar da saúde, prefiro fazer de 2 em 2 meses do que acontecer como já vimos por aí mulheres morrendo por inalação de formol… 🙂

    Beijos

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*